23 de novembro de 2018

Estudantes da Escola Rural Aústria visitam o CBMSE


 

A 68 quilômetros da capital sergipana, fica localizada a Escola Rural Aústria, no povoado Candeias, da cidade de Moita Bonita (SE). Na manhã desta sexta-feira (23), 65 alunos, entre 6 e 14 anos, e suas professoras saíram de lá, e vieram até o Quartel do Comando Geral, conhecer o trabalho do bombeiro militar.

De acordo com o secretário de Educação do município, Juraci Cruz, essa visita faz parte de um projeto que está sendo desenvolvido na escola, o “Aluno Legal”. “Os alunos têm apresentado um baixo índice de aprendizagem através do Inep, e graves problemas de indisciplina, por isso estamos desenvolvendo o projeto, onde os que tiverem um bom desenvolvimento na escola, iremos proporcionar experiências que eles nunca tiveram, e esse é o primeiro grupo que está participando”, explica Juraci Cruz.

O comandante do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) do CBMSE, coronel BM Hector Monteiro, foi quem iniciou as atividades. Ele ensinou para as crianças, sobre os cuidados que deve se ter no mar, em piscinas e açudes. Alertando sempre para o uso de coletes, e o contato nesses lugares, com os guarda-vidas. “Devido o alto índice de afogamentos no estado, o Corpo de Bombeiros preocupado em disseminar prevenção de afogamentos, principalmente para os jovens, resolveu ensinar aos estudantes desta escola como evitar o afogamento, quais as áreas que são perigosas na praia, e se é um local apropriado para tomar banho,e assim vamos conseguir diminuir o número de afogamentos no estado” disse o coronel.

O segundo palestrante foi o cabo BM Glauco Fontenelle, ele trouxe vídeos didáticos para explicar esse assunto que é tão importante ser debatido. “Passamos a parte de treinamento aquático, utilizando o método didático da Sobrasa através dos vídeos, com uma figura criada pela própria Sobrasa, o caranguejo Ki. Eles falam justamente sobre as atitudes que devem ser tomadas nas praias, e nos locais de água doce. Agindo na prevenção do afogamento, pra não deixar ocorrer o sinistro” diz.

Após a palestra, os alunos mostraram aos bombeiros, os cartazes que fizeram e o estudante Edemilson Júnior, de 12 anos, leu a carta que fez especialmente para a corporação. Ele conta que escreveu a carta, pois os bombeiros são muito importantes para o Brasil, pois salvam vidas. E para finalizar, a criançada pôde conhecer as viaturas e equipamentos utilizados nas ocorrências. Mas não parou por ai, a visita ao quartel foi encerrada com um belo banho de mangueira.

 

 

A aula terminou com um banho de mar no litoral aracajuano.

Confira a reportagem completa no vídeo:

*Vídeo feito pela Infonet*

Site desenvolvido pela Emgetis com software livre - WordPress