10 de novembro de 2020

Bombeiros vão garantir a segurança das urnas em 11 municípios durante as eleições


O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) vai empregar 287 profissionais para garantir a segurança das urnas nas eleições 2020.  Ao todo, os bombeiros atuarão em 52 locais de votação de três zonas eleitorais (3ª, 4ª e 8ª), em 11 municípios do estado: Arauá; Pedrinhas; Boquim; Riachão do Dantas; Aquidabã; Graccho Cardoso; Cedro de São João; Itabi; Canhoba; Nossa Senhora de Lourdes e Gararu.

Segundo o diretor operacional do CBMSE, coronel Fábio Cardoso, a corporação também prestará o serviço de atendimento pré-hospitalar, disponibilizando socorristas e unidades de resgate (UR) em cada zona eleitoral, caso algum cidadão sofra mal súbito no local de votação. “Não vamos deixar de manter o nosso atendimento ordinário, ou seja, a parte operacional vai estar em funcionamento dentro de sua normalidade com o emprego de três veículos de resgate para dar um reforço no atendimento operacional”, pontuou.

As informações foram passadas durante reuniões nos últimos dias 09 e 10, com os coordenadores dos setores e com os militares escalados para o pleito eleitoral. De acordo com a major Carla Cristina, da Diretoria de Operações, além dos militares que atuarão no interior, o CBMSE contará com uma equipe que ficará no quartel central de Aracaju/SE, para monitorar o serviço e acompanhar a logística de segurança, alinhada com o Tribunal Regional Eleitoral.

“O trabalho vai iniciar a partir das 10h do sábado, no dia 14, com a instalação da sala de situação, criada para fazer o monitoramento de tudo que acontece nos municípios em que nós iremos atuar. Os nossos militares se apresentarão a partir das 10h30 e serão deslocados a partir do meio-dia para as zonas eleitorais, onde ficarão até o final das eleições, no dia 15”, relata a major.

Ainda segundo a major Carla, como medida de biossegurança e de prevenção contra a disseminação da Covid-19, todas as equipes do CBMSE que vão atuar no pleito receberão um kit de proteção para no caso de surgir alguma situação em que o militar precise realizar primeiros socorros. O kit é composto por duas máscaras modelo N95, seis máscaras cirúrgicas descartáveis, um recipiente com álcool a 70% e seis pares de luvas cirúrgicas.

Por: Vitória Lima


Site desenvolvido pela Emgetis com software livre - WordPress

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) vem a público informar à população que a instituição não solicita via e-mail dados pessoais nem pagamentos de taxa. Caso algum e-mail nesse sentido seja recebido, alertamos que se trata de um golpe que está sendo aplicado em alguns Estados, com o intuito de extorquir os cidadãos, conseguir dados e realizar pagamentos. Orientamos a população a procurar a Polícia Civil e registrar o Boletim de Ocorrência.