31 de maio de 2019

Projeto sociocultural “Bombeiros tocando vidas” é tema de reunião no Corpo de Bombeiros


O Estado de Sergipe, o menor da federação, tem uma cultura musical pouco definida e pouco difundida necessitando de iniciativas e incentivos para a sua difusão. Diante disso, o Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) realizou uma reunião na manhã desta sexta-feira (31), no auditório do Quartel do Comando Central (QCG), com a Banda de Música sobre a implantação do projeto “Bombeiros tocando vidas”.

De acordo com o chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Instrução (DEPI) do CBMSE, o tenente-coronel BM Douglas Moraes, o foco da reunião consistiu na melhoria na parte instrumental e no aumento do efetivo da banda de música. “O Corpo de Bombeiros tem passado por uma série de dificuldades em relação ao efetivo. Diante disso, a banda de música também tem sofrido esses efeitos, na medida em que tem por diversas vezes, tido que suprir a necessidade do exercício de outras atividades não relacionadas diretamente com a música, mas que são atividades de grande importância também para a manutenção de serviços que os bombeiros prestam à sociedade. Devido a essas dificuldades os gestores têm buscado alternativas para aperfeiçoar o serviço do seu efetivo e trazer projetos que possam agregar valor à sociedade sergipana, que é o exemplo do projeto ‘Bombeiros tocando vidas’. Esperamos excelentes resultados para o Corpo de Bombeiros como um todo”, afirma.

O projeto que será anual e visa a implantação de concertos didáticos apresentados pela Banda de Música do CBMSE nas escolas da rede pública, através de parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), tendo como objetivo recrutar uma nova saga de jovens talentos musicais, que se encontram ocultos em crianças e adolescentes da nossa comunidade, bem como desperta-los para uma carreira musical como opção profissional para o futuro.

Partindo desta premissa, outra ação social importante que se consolidará é a prevenção para o uso de drogas, um combate indireto e eficaz através do resgate sociocultural dos alunos, tendo a música como pano de fundo, levando conhecimento cultural para o aluno e despertando o ser critico e ponderado.

O coordenador geral do projeto e maestro da Banda de Música do CBMSE, capitão José Carlos Paixão Lima, destaca a importância desse projeto. “O projeto visa renascer a música com os jovens, conversando e criando a nossa memória musical, levando os jovens a executar e apreciar a música dos nossos grandes compositores do passado e do presente. Proporcionando também a jovens e crianças da comunidade pública – e consequentemente da comunidade social mais carente – uma opção de sociabilização e profissionalização”, completa.

Por: Brunno Carvalho

Última atualização há


Site desenvolvido pela Emgetis com software livre - WordPress